Arquivo da categoria: Nilza

19 de Outubro de 2013

 Nilza, 60 anos, foi assassinada a facadas e o ex-namorado é o principal suspeito.

Paranaguá, PR
Leia a notícia

 Vilma Terezinha, 40 anos, foi assassinada com uma facada no peito pelo marido.

Campo Grande, MS

Leia a notícia

 Rosilene, 34 anos, foi assassinada a golpes de arma branca. O principal suspeito é o namorado dela.

Alagoinhas, BA

Leia a notícia

 Maria Aparecida, 41 anos, foi assassinada com mais de 10 facadas e o ex-namorado é o suspeito do crime.

Carmo do Paranaíba, MG

Leia a notícia

 Maria de Fátima, 54 anos, foi assassinada a facadas pelo companheiro.

Araçuaí, MG

Leia a notícia

 Joana, 36 anos, foi assassinada a tiros pelo namorado. O rapaz cometeu suicídio em seguida.

São Paulo, SP

Leia a notícia

 Daiane, 14 anos, foi assassinada a tiros pelo ex-namorado. Ela havia registrado boletim de ocorrência 3 dias antes.

Lavras, MG

Leia a notícia

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Daiane, Joana, Maria Aparecida, Maria de Fátima, Nilza, Rosilene, Vilma Terezinha

17 de Janeiro de 2012

[tweetmeme]

 Maria Antônia Caetano foi assassinada pelo marido a golpes de faca.

São João de Meriti, RJ

Leia a notícia

 Mulher de Mara Silvana Melo de Lima, 48 anos é assassinada com um tiro na cabeça pelo marido.

Caçapava do Sul, RS

Leia a notícia

 Nilza Pereira Lima de Moura, de 54 anos, morreu após ser esfaqueada pelo marido.

Rio Negro, MS

Leia a notícia

Deixe um comentário

Arquivado em Mara, Maria Antônia, Nilza

Preso acusado de atear fogo na esposa, em Itapecerica da Serra

[tweetmeme]

Pedro Souza de 45 anos, acusado de atear fogo em sua própria mulher, na cidade de Itapecerica da Serra, em janeiro, foi preso em flagrante nesta segunda-feira, dia 28 de março, após denúncia anônima que indicou o local onde Souza estava trabalhando. Nilza Aparecida Pereira, vítima de Souza morreu, com praticamente 80% do corpo queimado, em fevereiro, exatamente um mês após as agressões do marido e pai de seus filhos.

“Conseguimos efetuar a prisão do acusado, por meio de uma denúncia que informou que Souza, estava trabalhando na Avenida Raimundo Pereira Magalhães, bairro Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, como pintor em uma Igreja Evangélica. Quando chegamos ao local, abordamos e confirmamos a versão da denúncia. Entramos em contato com a Delegacia de Itapecerica, que pelas características descritas comprovou que o individuo é o autor do crime”, contaram os Policiais Militares do 20 Batalhão de Trânsito das zonas Leste e Norte de SP, tenente Júlio César e Soldados Thiago e Frias.

Segundo os PMs, no início da abordagem Souza negou ser autor do crime, “ele afirmou que veio da Bahia e estava trabalhando como pintor na igreja”, finalizaram.

Pedro de Souza responderá por homicídio qualificado com emprego de veneno, tortura, ou outro meio cruel e por motivo torpe, artigo 121, parágrafos 2, incisos I e III do Código Penal Brasileiro. A pena para o crime varia de 12 a 30 anos de prisão. A ocorrência foi registrada no Distrito Policial de Itapecerica da Serra.

Familiares da vítima

Um misto de tristeza, dor, revolta e justiça, marcaram a presença da família de Nilza Aparecida Pereira, na delegacia central da cidade. Querendo fazer justiça com as mãos, filhos, pais e parentes próximos da vítima, gritaram, choraram e pediram que Souza pague pelo crime que cometeu.

“Ele sempre foi muito violento, ele achava que minha mãe traia ele, mas não traia. Ele sempre a espancava, até quando estava grávida”, contou o filho mais novo de Nilza. Filha de Nilza e Souza confirmou a reportagem que diversas vezes foi violentada pelo pai.

Gritos de assassino e muita revolta tomaram conta dos familiares quando Souza foi retirado da Delegacia, dentro de uma viatura da Polícia Civil, no início da noite.

Relembre o caso

O mandado de prisão temporária de 30 dias foi decretado nesta quinta-feira dia 27 de janeiro após Nilza Aparecida Pereira, 36 anos, sofrer com as agressões do marido. “Ele amarrou Nilza e ateou fogo. Segundo contou a vítima, Souza ficou observando seu corpo queimar e depois a soltou. Nilza foi localizada com vida na mata próxima à Rodovia Régis Bittencourt por populares”, contou a investigadora da cidade, Rosana.

A vítima ficou com 80% do corpo queimado e permaneceu, até o final de fevereiro em estado gravíssimo no Hospital das Clínicas. Os primeiros atendimentos foram realizados no Pronto Socorro central e Hospital Geral de Itapecerica.

“Antes de ser transferida, a administração do PS informou à Polícia Militar sobre as queimaduras da vítima, e um Policial Militar foi até o local para se inteirar dos fatos. Consciente, Nilza contou a agressão ao PM”, disse Rosana.

Pedro Souza já tem outras passagens criminais por furto, estelionato, dois estupros, um contra a sua própria filha e vizinha entre outros crimes.

Notícia retirada do Portal Jornal na Net

Deixe um comentário

Arquivado em Nilza

09 de Fevereiro de 2011

[tweetmeme]

Danielle, de 34 anos, foi encontrada morta dentro de sua casa. O principal suspeito é o marido, que a espancava regularmente.

João Pessoa, PB

Leia a notícia

Gabriela, 14 anos, foi assassinada pela companheiro da irmã com um tiro na cabeça.

Cachoeiro de Itapemirim, ES

Leia a notícia

Leia a notícia

Mulher não identificada foi encontrada morta a facadas e com indícios de violência sexual.

Belo Horizonte, MG

Leia a notícia

Suyan, 18 anos, foi assassinada a golpes de faca pelo marido, que se matou em seguida.

Belém, PA

Leia a notícia

 Maria, 50 anos, foi encontrada morta em uma fossa no quintal de casa. O marido confessou o crime.

Campo dos Goytacazes, RJ

Leia a notícia

Nilza morreu após ser internada com queimaduras em 80% do corpo. O principal suspeito é o ex-marido da vítima,  que agora está ameaçando a família dela.

São Paulo, SP

Leia a notícia

Veja o vídeo

1 comentário

Arquivado em Danielle, Gabriela, Maria, Não identificada, Nilza, Suyan

01 de Fevereiro de 2011

Nilza foi morta pelo genro a facadas.

Castro Alves, BA

Leia aqui a notícia

Ana foi assassinada a facadas pelo marido.

Belém do Brejo do Cruz, PB

Leia a notícia

Dejanice, 39 anos, foi morta a facadas pelo namorado.

Iguai, BA

Leia a notícia

Deixe um comentário

Arquivado em Ana, Dejanice, Nilza