Arquivo da categoria: Rayluciene

Homem que articulou o assassinato da esposa grávida vai a júri, em Itabuna

[tweetmeme]

A titular da Vara do Júri e Execuções Penais de Itabuna, Cláudia Panetta, pronunciou Everaldo Marques de Souza no processo sobre o assassinato da professora Rayluciene Pereira de Castro Nery Marques. Ele era casado com a vítima.

A magistrada aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual, que apontou Everaldo Marques como autor intelectual do crime. Para a acusação, foi ele quem ordenou o assassinato da ex-mulher.

O crime ocorreu no dia 25 de janeiro de 2009, na Rua Santa Cruz, no bairro Alto Maron, centro de Itabuna. Rayluciene Castro estava grávida, foi morta com um tiro na boca e seu corpo encontrado no interior da casa onde o casal vivia.

A vítima trabalhava como professora primária no distrito de Inema, em Ilhéus, e estava casada com Everaldo há dois anos. O acusado alegou na polícia que, no dia do crime, tinha fechado o cadeado do portão antes de ir até uma padaria a poucos metros de casa.

Porém, o laudo pericial diz que não houve indícios de arrombamento no portão. A data do julgamento de Everaldo Marques ainda será definida pela justiça. Mais informações sobre o caso na edição do jornal A Região deste final de semana.

Notícia retirada do Portal Uol

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Rayluciene