Arquivo do mês: março 2011

Documentário: Mulheres Invisíveis

[tweetmeme]

Documentário produzido pela Sempreviva Organização Feminista

Deixe um comentário

Arquivado em

Mulher grávida é espancada pelo marido e corre risco de aborto, em Cachoeiro do Itapemirim

[tweetmeme]

Mais uma mulher capixaba foi vítima de violência por parte do marido. Janete Kellys Miranda, de 25 anos, alega que foi espancada pelo marido depois que ele chegou em casa alcoolizado.

Ela disse que levou pontapés na barriga, socos e diversas agressões. A vítima, que está grávida de cinco meses, foi internada na Santa Casa de Cachoeiro. Ela corre o risco de perder o bebê.

Alcebíades Ferreira dos Santos, de 41 anos, foi preso e levado para o Departamento de Policia Judiciária (DPJ) de Cachoeiro, onde aguarda decisão da Justiça. Ele pode ser autuado pela lei Maria da Penha.

 

2 Comentários

Arquivado em

Três acusados de matar ex-esposas vão a júri popular, em Mato Grosso

[tweetmeme]

O Tribunal do Júri da Comarca de Cuiabá julgará, em abril, 16 crimes contra a vida. Destes, três foram cometidos contra mulheres por seus maridos ou ex-companheiros. Dia 19, ocorrerá o julgamento de Manoel Diogo de Oliveira, que matou a companheira Zilma Francisca da Silva. Dia 25, enfrentará júri popular Antônio Carlos Hecke, acusado de matar a ex-esposa Crislaine da Silva Hecke, e, dia 27, Vilmar Batista de Jesus, acusado de matar a convivente Marta Leite de Souza. As sessões, que terão início às 13h30, serão presididas pela juíza titular da Primeira Vara Criminal, Mônica Perri Siqueira.

Conforme denúncia do Ministério Público Estadual, na noite de 14 de novembro de 2004, o réu Manoel Diogo de Oliveira estava em um bar com a companheira, Zilma Francisca da Silva, quando ambos iniciaram uma discussão. Embriagado, Manoel Oliveira partiu para cima da vítima, agredindo-a com socos e pontapés, golpes que atingiram principalmente a cabeça e causaram a morte da vítima. A Polícia Militar foi acionada e encontrou a vítima deitada no chão, ensangüentada e com vários ferimentos pelo corpo. O acusado foi localizado e preso na mesma noite, a dez metros do local do crime, embriagado e com as roupas sujas de sangue.

Também segundo denúncia do Ministério Público, Antônio Carlos Hecke matou a ex-companheira, Crislaine da Silva Hecke, de quem estava separado há poucos meses, por não aceitar a separação e uma suposta nova relação dela com outro homem. O crime ocorreu no dia 14 de fevereiro de 2010, na residência da vítima. Antônio Hecke aproveitou que os pais de Crislaine haviam saído de casa e entrou. Ali, ambos teriam discutido e Antônio Hecke atingiu a cabeça da vítima várias vezes com uma cadeira, provocando-lhe os ferimentos fatais. Antônio Hecke pegou o filho do casal, voltou para a casa dele e foi preso horas depois pela Polícia Militar, enquanto dormia.

O assassinato de Marta Leite de Souza pelo convivente Vilmar Batista de Jesus também teve por motivação o ciúme, conforme denúncia do Ministério Público. Consta dos autos que o casal convivia há dois anos e que brigas e agressões eram constantes, motivo pelo qual Marta desejava a separação. Na noite de 21 de junho de 2007, após uma discussão séria, Vilmar de Jesus se apossou de um instrumento contundente e investiu contra Marta, causando-lhe os ferimentos e a conseqüente morte por traumatismo craniano. Ao sair de casa de manhã, o réu deixou a TV e ventiladores ligados e avisou aos vizinhos que a mulher estava dormindo. Estranhando o silêncio na casa, uma vizinha foi ao local e encontrou o corpo de Marta. O acusado fugiu de Cuiabá, sendo preso em Jaciara (144km a sul de Cuiabá), em 19 de janeiro de 2008.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Crislaine, Marta, Zilma

31 de Março de 2011

[tweetmeme]

 Luciana, 25 anos, foi assassinada pelo namorado.

Planaltina, GO

Veja o vídeo

Ariane, 28 anos, foi assassinada em casa por esganadura pelo marido, que confessou o crime.

Santa Fé do Sul, SP

Leia a notícia

Juliete, 17 anos, foi estuprada e assassinada com um corte na garganta.

Luziânia, GO

Leia a notícia

Regiane, 35 anos, foi morta a facadas pelo ex-companheiro.

Votuporanga, SP

Leia a notícia

Carmem Lúcia, 38 anos, foi encontrada morta supostamente por enforcamento. O ex-companheiro da vítima é o principal suspeito do crime. A polícia acredita que o crime ocorreu na última segunda.

Terezina, PI

Leia a notícia

Tatiane, de 22 anos, foi assassinada a tiros pelo ex-namorado depois de negar reatar o relacionamento. Ela estava grávida.

Maceió, AL

Leia a notícia

Deixe um comentário

Arquivado em Ariane, Carmem Lúcia, Juliete, Luciana, Regiane, Tatiane

Homem é preso suspeito de ter matado a namorada, em Campo Grande

[tweetmeme]

Luiz Carlos Veneno Verón, 44 anos, foi preso com base em mandado de prisão preventiva decretada pela 2ª Vara do Tribunal de Júri de Campo Grande. Ele é suspeito de matar esganada a namorada Valkíria Albino de Freitas, 26 anos.

Ele havia sido detido anteriormente pelo crime, ocorrido dia 18 de fevereiro deste ano, no Jardim Colibri, no entanto, como não havia sido preso em situação de flagrante, ele acabou liberado e foi preso ontem.

Ele foi preso por policiais da DEH (Delegacia Especializada de Homicídios), que investigavam o crime.

Os policiais encontraram como prova um bilhete deixado por Valkíria no qual a jovem dizia ter medo de morta por Luiz Carlos.

A pessoa que recebeu o papel foi ouvida como testemunha no processo.

Segundo as investigações, no dia do crime, Luiz chegou à casa da namorada, no Jardim Colibri, e não a encontrou.

Ele ficou à espera de Valkíria e, quando a moça chegou, começaram a discutir. Luiz esganou a namorada e deixou o corpo na casa. Somente quando uma vizinha viu a moça morta acionou a Polícia.

Segundo relatos de Luiz à Polícia, ele permaneceu na casa da irmã, no Jardim Los Angeles, onde já morava desde antes do crime.

Notícia retirada do Portal Campo Grande News

Deixe um comentário

Arquivado em Valkíria

Homem espanca esposa e põe fogo na casa, em Rio Grande

[tweetmeme]

Na terça-feira, 29, foi registrado na Polícia Civil mais um caso de violência doméstica contra mulher. O acusado foi preso em flagrante, pois além de espancar sua esposa, também ateou fogo em sua casa.

O fato aconteceu por volta das 4h50min e, por determinação da sala de operações do 6º Batalhão de Polícia Militar, uma guarnição do policiamento ostensivo foi acionada para comparecer na rua Sete, bairro Cohab IV, para verificar a ocorrência.

Chegando ao local indicado, os policiais militares depararam-se com duas guarnições do Corpo de Bombeiros, as quais já haviam controlado o fogo.

O agressor foi identificado como sendo D.I.O.J., 19 anos, e foi localizado na casa do seu pai. Durante a abordagem, o acusado que estava alterado e não parava de gritar, dizia que tinha colocado fogo na casa e que se fosse preso, quando saísse, mataria sua companheira.

Uma unidade da Samu foi solicitada para comparecer ao local. Após ser medicado, o acusado recebeu voz de prisão em flagrante e foi apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), sendo posteriormente recolhido à Penitenciária Estadual do Rio Grande (Perg).

Notícia retirada do Portal Jornal Agora

Deixe um comentário

Arquivado em

Preso homem que ateou fogo na ex-esposa, no Rio

[tweetmeme]

Policiais da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) prenderam, na manhã desta quarta-feira, Gilson Soares Faria, de 38 anos. Ele é acusado de atear fogo na ex-mulher , no último dia 20, na casa onde ela morava, em Bonsucesso. Gilson já respondia a outras quatro acusações por lesão corporal.

 

O acusado estava separado da mulher há cinco meses, após sair de casa para morar com outra pessoa. Mas, no último dia 20, ao chegar em casa, a ex-mulher se deparou com Gilson deitado na cama. Ele teria dito à esposa que queria voltar e, diante da negativa da mulher, disse que se ela não fosse dele, não seria de mais ninguém.

 

Gilson jogou álcool na cabeça e em parte do corpo da esposa, ligou o fogão e, com um pedaço de papel, ateou fogo nela, que correu e foi atingida apenas no pé. A filha do casal, que estava em casa, foi quem acalmou o pai. A vítima teria dito que voltaria para o ex-marido para tranquilizá-lo e, no dia seguinte, saiu de casa com a filha e registrou a ocorrência.

 

Os policiais prenderam o acusado na manhã desta quarta-feira em uma lan house dentro da favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão. Gilson responderá por tentativa de homicídio e, se condenado, poderá pegar até 20 anos de prisão

Notícia retirada do Portal Extra

 

Deixe um comentário

Arquivado em