Arquivo da tag: PIB

Violência contra a mulher custa 10% do PIB brasileiro

[tweetmeme]

Os dados referentes à violência sofrida pelas mulheres são cada vez mais alarmantes. O número mais recente foi trazida pela corrregedora do Conselho Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon. Por ano, o Brasil perde 10% do seu Produto Interno Bruto (PIB) com a violência cometida contra a mulher. “É o que o sistema de saúde gasta quando essas mulheres procuram os postos pra se tratarem. É o que o estado gasta com a parte jurídica e policial”, afirmou a ministra do Superior Tribunal de Justiça.
Eliana Calmon esteve na tarde desta quarta-feira na Câmara de Salvador, onde participou da sessão especial com o tema “A Lei Maria da Penha e a sua aplicabilidade”, promovida pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.
Outros dados forma destrinchados pela ministra. Só no ano passado, 94 mulheres forma assassinadas por seus maridos no Ceará; 50, no Rio de Janeiro; e 40 no Rio Grande do Norte. Segundo Eliana Calmon, 27% dos assassinatos aconteceram dentro de casa. E mais. Mais de dois milhões de mulheres foram espancadas no Brasil no ano passado.
A radiografia da violência contra a mulher pode ser ainda pior. É que os números citados pela ministra com base no balanço feito pelo CNJ são subestimado. “O pior dos dados é que eles são parciais. Ainda não foi feita a totalização”, advertiu Eliana Calmon.
Somente nas varas e juizados especializados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher foram distribuídos, de  2006 até julho de 2010, 331.796 casos. Deste total, foram sentenciados 111 mil processos. O relatório mostra, também, que ocorreram 9.715 prisões em flagrante e foram decretadas 1.577 prisões preventivas.
Durante a sessão, a ministra ressaltou que as mulheres pobres são as maiores vítimas das agressões cometidas por homens. “Quando se tem dinheiro na carteira não se apanha de homem”, frisou.
Para presidente da Comissão de Defesa da Mulher, vereadora Tia Eron (DEM), os esforços devem ser feitos na direção de não deixar que a Lei Maria da Penha, que completa hoje cinco anos, seja esvaziada. “Não podemos permitir que uma lei tão importante seja esvaziada pelo espírito machista”, disse, referindo-se ao abrandamento das penas pelo Superior Tribunal de Justiça.

Notícia retirada do Portal Direto da Fonte

Deixe um comentário

Arquivado em