Arquivo da tag: Carnaval

Jovem é amarrada e estuprada em carnaval de Alagoas

[tweetmeme]

Uma jovem de 23 anos denunciou ter sido vítima de estupro em pleno carnaval da Barra de São Miguel, um dos mais tradicionais de Alagoas. A queixa foi prestada na Delegacia de Plantão que está funcionando no município desde o último sábado.

Os detalhes do estupro foram bem como o nome da vítima foram preservados pela Polícia Civil, mas a jovem contou que foi amarrada e estuprada.

Na manhã desta terça-feira, a polícia conseguiu identificar e prender o acusado no crime. Robson dos Santos Lima foi interrogado e em seguida recebeu voz de prisão. Ele nega o crime.

As investigações sobre o crime continuam na próxima quinta-feira. Até lá, o acusado continua preso e vai responder por crime que tem pena que pode chegar a 10 anos de prisão.

Notícia retirada do Portal Tudo Na Hora

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em

SPM irá promover campanha em defesa da Lei Maria da Penha durante Carnaval

[tweetmeme]

Lei Maria da Penha será destaque na terça-feira de carnaval

A reação surge depois que a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu pela suspensão condicional do processo de um homem acusado de sufocar a companheira. Enquadrado pela Lei Maria da Penha, ele foi condenado a três meses de detenção, mas terá a pena substituída por serviços prestados à comunidade por determinação do desembargador Celso Limongi. O habeas corpus concedido pelo magistrado abre uma brecha na lei para que outros casos sejam julgados com base neste atual entendimento do STJ.

A deputada Alice Portugal considera a decisão do tribunal um retrocesso, considerando que o Artigo 17 da Lei Maria da Penha impede que penas alternativas como pagamento de cestas básicas, de multas ou prestação de serviços à comunidade sejam a punição para quem agrediu ou violentou mulheres. “O STJ fez uma leitura que atropelou a intenção do legislador que só admitiria a aplicação de penas alternativas após o cumprimento das penas originais, num sentido educativo”, alertou a deputada.

A bancada feminina em Brasília também está unindo esforços contra a diminuição das medidas protetivas impostas à mulher. No dia 1º de fevereiro uma Sessão Solene, que antecipará as celebrações pelo Dia Internacional da Mulher, reunirá deputadas e senadoras no Congresso Nacional, em defesa da Lei Maria da Penha.

Protesto em Salvador

A tentativa do Judiciário de atenuar as penas previstas pela Lei Maria da Penha também foi motivo de protestos na Câmara de Vereadores de Salvador. Militante dos direitos da Mulher desde a década de 80, a vereadora Olívia Santana ocupou a tribuna da Câmara Municipal para afirmar que a decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que dá novo rumo às penalidades impostas pela Lei é um grande retrocesso.

“Essa lei foi uma grande conquista para todo o movimento de mulheres do Brasil. E essa reinterpretação do texto é um grande retrocesso. O STJ sucumbiu as práticas machistas que ainda imperam nesse país e aprovou essa contradição. Mas não vamos deixar que isso passe desapercebido. Vamos lutar pela revogação dessa decisão. Não perderemos essa conquista”, afirmou Olívia, que é integrante da Comissão de Mulher da CMS.

Olívia ainda solicitou que a Câmara Municipal de Salvador se posicionasse sobre essa decisão, apelando que seus colegas repudiassem a decisão, que implica diretamente na vida de milhares de mulheres que cotidianamente são vítimas de agressões físicas e verbais por parte dos seus maridos, namorados, cônjuges e pais.

Deixe um comentário

Arquivado em

Bloco “Nem com uma flor” fará ação preventiva à violência contra a mulher no carnaval de Recife

[tweetmeme]

Bloco Nem Com Uma Flor fará ação preventiva à violência contra mulheres no período de Momo

Criado para conscientizar os foliões a não usar de violência contra a mulher durante o Carnaval, além de divulgar os locais dos serviços de atendimentos que são oferecidos às vítimas pela Prefeitura do Recife, o Bloco Nem com Uma Flor, promovido pela Prefeitura do Recife, através da Secretaria Especial da Mulher, ganha esse ano um novo estandarte. A única agremiação no país que realiza essa ação preventiva no período de Momo completa 10 anos em 2011.

A data começa a ser comemorada a partir das 15h desse sábado (5), quando 12 costureiras representantes das seis RPAs (duas de cada região) se reúnem debaixo de uma árvore de Coração de Negro, na rua Tapajós, 653 – Vila Tamandaré (Estância), para definir como ficará o novo estandarte. Conforme ressaltou a secretária Especial da Mulher, Rejane Pereira, “a árvore é simbólica e 2011 foi instituído pelas Nações Unidas como o Ano dos Homens e das Mulheres Afro-descendentes”.

Na encontro, a secretária mostrará num telão a logomarca da gestão e o layout do bloco para que as costureiras tenham uma idéia das dimensões do estandarte e possam escolher os adornos que irão ornamentá-lo. Em outro momento que será definido pela coordenação do bloco, elas irão confeccionar o estandarte na cor lilás, tonalidade que identifica o Movimento Feminista Internacional.

Para Rejane Pereira, a intenção do bloco é a de fortalecer a organização, a luta e o trabalho das mulheres como compromisso de gestão e um dos pleitos mais votados na Plenária do OP Mulher em julho de 2010.

2 Comentários

Arquivado em