Feminicídio pode levar à prisão perpértua na Argentina

[tweetmeme]

A incorporação ao Código Penal da Argentina dos crimes em que incidem a violência de gênero e o ódio contra gays, lésbicas e transexuais foi aprovada com unanimidade na Câmara dos Deputados do país na última quarta-feira, 18 de abril. Foram 204 votos a favor e uma abstenção. O projeto de lei estabelece agravantes que podem levar à prisão perpétua os culpados de homicídios que até então eram atribuídos “a ciúmes e se definiam como crimes passionais ou de emoção violenta”, comentou a deputada Silvia Risko.

Leia a matéria completa aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s