Mulher é estuprada pelo ex-marido e jurada de morte, em São Bernardo do Campo

[tweetmeme]

A familía de P.O.A de 28 anos está desesperada com as ameaças de morte que a dona de casa vem sofrendo do ex-marido J.C.S de 29 anos. No dia 20 deste mês, P.O.A recebeu uma ligação do ex-marido e durante uma breve conversa, ele disse que havia dado seis meses de vida a ela, e que agora só lhe restavam dois meses.

Na madrugada deste domingo, 29, J.C.S foi até a residência da ex localizada à Rua Das Andorinhas no bairro Jardim das Orquideas II, bateu na porta e a chamou pelo apelido. Sonolenta, P.O.A abriu a porta pensando que fosse seu namorado. Ela foi agredida e violentada sexualmente pelo ex-marido, que logo após a ato foi para a casa de sua mãe.

A dona de casa, disse a reportagem da Rádio Caçula que ligou para o 190 da Polícia Militar, mas o policial que a atendeu informou que os militares não poderiam entrar no imóvel da mãe do acusado, já que não havia uma ordem judicial para entrar na casa e efetuar a prisão de J.C.S. Ele então orientou a vítima a procurar a Delegacia de Polícia Civil.

Diante da resposta do PM, P.O.A procurou a Depac ( Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para mais uma vez registrar um boletim de ocorrência contra o ex-marido e pedir proteção.

Ela explicou que em fevereiro deste ano J.C.S ateou fogo em sua casa com o intuito de matá-la juntamente com seus três filhos. P.O.A disse que ficou casada com o acusado durante seis anos e teve dois filhos com ele sendo um menino de 4 anos e uma menina de 2 anos.

A vítima comentou que durante os últimos anos que esteve com J.C.S sofreu muitas ameaças e que em uma das vezes ele chegou a marcar a letra do seu nome em seu braço usando uma faca. Além das ameaças contra ela, J.C.S já chegou a ameaçar a filha caçula.

De acordo com P.O.A, desde quando pediu a separação ela vem sendo ameaçada. J.C.S já havia falado anteriormente para a ex que iria colocar fogo no imóvel. Ela disse que o ex-marido tem passagens por furto e que o mesmo cumpriu pena na FEBEM em São Paulo. P.O.A teme pela sua segurança, uma vez que o ex está foragido.

Notícia retirada do Portal Correio do Estado

Deixe um comentário

Arquivado em

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s