Homem que matou ex e colocou rato morto em sua boca é condenado a 14 anos, em MG

[tweetmeme]

O padeiro Leandro Mendes Pereira, de 27 anos, acusado de matar a ex-namorada em 2008, no Bairro Maria Goretti, Região Nodeste de Belo Horizonte, foi condenado na noite desta segunda-feira a 14 anos de prisão. Ele aguardava o julgamento preso, em Ribeirão das Neves.

A sentença foi proferida por volta das 20h30 pelo juiz Chirtian Gomes de Lima, no salão do I Tribunal do Júri do Fórim Lafayette. O magistrado considerou a decisão do júri e reconheceu a tese do promotor Edson Ribeiro Baeta de que Leandro cometeu os crimes de homicídio qualificado e vilipêndio (desrespeito) de cadáver.

De acordo com a acusação, Leandro estava inconformado com o término do namoro e asfixiou a vítima com as mãos, até que ela caísse no chão. Ao ver que a ex-namorada continuava viva, ele a enforcou com o sutiã. Após matá-la, tirou toda a roupa dela e colocou um rato morto na boca da namorada.

O juiz condenou o réu a 13 anos de prisão em regime fechado pelo crime de homicídio qualificado e ainda a um ano em regime aberto pelo crime de vilipendio. O magistrado ainda negou a Leandro o direito de recorrer da sentença em liberdade. Após a audiência, ele foi levado de volta ao Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte.

Notícia retirada do Portal Estado de Minas

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s