Homem sequestra esposa, cunhada e filho após pedido de separação, no Mato Grosso do Sul

[tweetmeme]

Uma operação foi montada nesta quinta-feira (12), no bairro Popular Nova, localizado na parte alta da cidade.

Um homem identificado como Osmar Koester, 31 anos, rendeu por volta das 15h30, a sua esposa que foi identificada como Rosita de Jesus, a sua cunhada Divina de Jesus da Silva e o filho do casal Matheus da Silva Koester de apenas 02 anos, dentro de sua residência que fica na Rua Santa Catarina.

Koester conhecido como “Alemão”, portava uma pistola 9 milímetros e já havia sido condenado por tráfico de drogas . De acordo com a polícia, o crime ocorreu por motivo passional. A esposa do Osmar havia pedido a separação para o marido e ele não aceitava a decisão.

Segundo informações da mulher, Alemão nunca apresentou ser um homem agressivo. “Sempre confiei nele, ele nunca demonstrou ser agressivo durante esses quatro anos de convivência. Ele cuidava dos meus dois outros filhos que são fruto do meu primeiro casamento como se fosse dele”. Comenta Rosita.

A esposa ainda revela que não sabia que o marido era usuário de drogas. “Nunca observei ele usando drogas, para mim foi surpresa o ver revelando isso para os policiais”. Diz a mulher.

Toda a área da rua foi isolada pelas Polícias Militar e Civil, Dof, Força Nacional e equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros que estavam à disposição.

A esposa do Alemão disse que a ação começou quando o marido havia pedido que ela viesse buscar o filho deles, ao chegar a casa, acompanhada de sua irmã, Rosita foi surpreendida pelo marido que apontou uma arma de fogo em direção a sua cabeça, foi quando a irmã percebeu qual era a verdadeira intenção de seu cunhado. “Observei qual a intenção dele, fiquei calma e disse para ele começar a pensar na besteira que ele estava fazendo, foi quando as primeiras viaturas da polícia chegaram e ele resolveu liberar eu e minha irmã, ficando com o meu sobrinho”. Confessa Divina de Jesus.

Após tentativa de negociações, viaturas da policia da CIGCOE (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) vieram de Campo Grande para ajudar.

Já era madrugada quando Osmar resolveu entregar o filho Matheus que esteve mantido como refém durante 11 horas com uma arma de fogo na cabeça durante a noite inteira. Matheus recebeu atendimento da equipe do Samu e passa bem.

Osmar foi preso e levado para o 1º Distrito Policial e deve ser indiciado por sequestro e cárcere privado qualificado e porte ilegal de arma de uso restrito.

Notícia retirada do Portal MidiaMax

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s