Casos de violência doméstica e sexual constatados por médicos do SUS serão reportados em até 24 horas ao Ministério da Saúde

[tweetmeme]

SUS: Uma de cada quatro pacientes agredidas denuncia

Rio – Os casos de violência constatados por médicos do SUS serão reportados em até 24 horas ao Ministério da Saúde e a expectativa é que as estatísticas, hoje baseadas nos registros policiais, sejam quadruplicadas. A decisão de incluir violência doméstica, sexual e outras agressões, físicas ou não, na Lista de Notificação Compulsórias foi publicada quarta no Diário Oficial.

Segundo a titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher do Centro, Waleska Garcez, só uma entre quatro mulheres agredidas registra ocorrência: “Contar os casos que dão entrada no hospital vai ajudar a elaborar políticas públicas para conter a violência, pois os números ficarão mais próximos da realidade”.

“Em três anos esperamos que as 5.300 cidades façam notificação em todas as unidades de saúde”, diz a coordenadora de Doenças de Agravos Não Transmissíveis do ministério, Deborah Malta.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s