Arquivo do dia: 23 de janeiro de 2011

23 de Janeiro de 2011

[tweetmeme]

Wanilsa, de 29 anos, foi assassinada a golpes de faca pelo marido, no quintal da casa onde viviam. Wanilsa deixou três filhos.

Igaci, AL

Leia a notícia.

Viviane, 34 anos, foi morta a facadas pelo marido. O casal estava em processo de separação e Viviane já havia denunciado-o várias vezes por agressão.

Cascavel, PR

Leia  notícia

Gracinda, 37 anos, levou um tiro na cabeça do marido, que tentou suicídio em seguida.

Silvânia, GO

Leia a notícia aqui *

Genilda, 32 anos, foi morta a golpes de faca pelo marido.

Cruzília, MG

Leia a notícia aqui

Deixe um comentário

Arquivado em Genilda, Gracinda, Viviane, Wanilsa

Entrevista com o marido de Maria da Penha, a mulher que deu nome à lei que combate a violência contra a mulher no País.

[tweetmeme]

“A Maria da Penha me transformou em um monstro”, é o que acredita o colombiano Marco Antonio HerediaViveros, condenado por tentativa de assassinar a esposa em um assalto simulado, crime que resultou em Lei.

Interessante que Heredia tem todo um cenário criado para justificar cada uma das acusações: de Maria da Penha, das empregadas, das filhas, de outras ex-companheiras (explica que um boletim de ocorrência que sua então esposa prestou contra ele na verdade foi uma discussão boba, quando a mulher puxava o celular de um lado e ele do outro e, quando ele soltou, o aparelho atingiu o rosto dela). À incessante tentativa de se transformar em vítima e viés espetacular que tem suas versões, a responsável pela matéria, Solange Azevedo, fez uma análise precisa: “Como se tivesse encarnado uma espécie de Joseph K., o personagem de ‘O Processo’, a obra-prima de Kafka, Heredia afirma ter sido jogado na prisão por um crime que não cometeu. (…) Na trama descrita pelo colombiano, Maria da Penha é a vilã. Ela teria ludibriado a polícia, o Ministério Público, os tribunais brasileiros, organizações de direitos humanos nacionais e estrangeiras, os meios de comunicação e convencido testemunhas a mentir.”

A reportagem e os vídeos se encontram nesse endereço.

 

1 comentário

Arquivado em