Mulher encontrada morta dentro de casa pode ter sido estuprada, em Niterói

A polícia prendeu nesta sexta-feira o assassino confesso da decoradora Amaly Olímpia de Vasconcelos Tauil, de 59 anos, no dia 23 de março, em um bairro nobre de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Policiais à paisana encontraram Robson Conceição, de 19 anos, em uma obra em Pendotiba, também em Niterói. Segundo os policiais, ele não resistiu à prisão e confessou o crime.

De acordo com o delegado Adilson Palácio, da 81ª DP (Itaipu), Robson confessou o crime após os agentes mostrarem um anel que ele deixou na residência da vítima. “Achamos um anel provavelmente do assassino. Um caseiro que mora na frente depôs e, ao ver o anel, disse que era de Robson. No primeiro momento, Robson negou o crime, mas depois que mostramos o anel ele assumiu”, disse o delegado ao SRZD.

Robson mora em frente à casa da vitima. Ele fez um trabalho na residência de Amaly, mas ela teria desistido de chamá-lo em uma outra vez. Segundo Palácio, no domingo Robson fez o caminho por uma trilha e entrou na casa de Amaly pela janela, bebeu vodca, saiu da residência e voltou em seguida, bebeu mais, pegou uma pedra e subiu ao segundo andar, onde fica o quarto da decoradora, onde a atacou com uma pedra.

A polícia trabalhava com quatro linhas de investigação: problema de herança, ação de despejo, o fato de morar perto de uma comunidade e um ex-funcionário. O delegado investiga se assassino estuprou a vítima, pois ela estava seminua. Adilson Palácio aguarda o laudo do IML. “A família dele disse que, quando ele era menor de idade, se envolveu em caso parecido, de estupro e lesão corporal”, disse.

O corpo da vítima, que morava sozinha há dois anos, foi encontrado em um estado avançado de decomposição. A perícia encontrou uma pedra, com marcas de sangue, no jardim da casa. Robson foi levado para a Polinter. Adilson Palácio disse também que será avaliada a necessidade de reprodução simulada. O laudo sai em 30 dias.

 

Notícia retirada do Portal SRZD

 

 

About these ads

Deixe um comentário

Arquivado em

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s